Archive for Desejo Melhoras (doença)

Remédios Gostosos


Aqui vai uma idéia de presente bem legal, que eu achei aqui, mas que é originada por uma loja de doces de Barcelona chamada “Happy Pills”, que é uma loja de doces cujo diferencial reside na apresentação dos doces como “Remédios da alegria”

happy-pills-2

Kit de primeiros socorros

happy-pills-5

Potinho de remédio e organizador de pílulas

 

 

Agora é só correr, comprar caixinhas para guardar remédio, alguns doces e presentear quem você quiser!

Esse presente é especialmente legal para alguém que eseteja se recuperando de alguma doença grave e tenha, portanto, que tomar medicamentos. Talvez esse presentinho torne estes momentos menos deprimentes, não acha?

Leave a comment »

Presente pendurado…


Esse aqui é mais uma idéia de como dar presente do que uma idéia de presete em si:

balãoA idéia em si é bem simples: que tal amarrar o presente em um balão com gás hélio?

Lojas especializadas em coisa pra festa costumam ter tanque de gás, aí você paga um tantinho pelo serviço e eles enchem pra você.

Essa idéia é bem legal para amarrar em:

  • Lembrancinha de festa
  • Cartas
  • Passagens de avião e coisas do gênero
  • Convites
  • Doces
  • Pedidos de casamento por escrito

E, se quiser incrementar, aí vai uma dica, que tirei daqui.

84442561732675174_uEY9wYo4_c

 

Lembrando que o balão vai perdendo a força com o tempo, então não demore para entregar!

Leave a comment »

O Melhor Remédio


Hoje vou ensinar um presente que eu espero que ninguém nunca tenha que dar: é um presente para aquela pessoa querida que ficou doente.

Esse presente são as Pílulas de Carinho

Eu já dei esse presente, mas eu tive a idéia do nada e, como sou ansiosa, não pude esperar até chegar em casa e fiz na mesa do estágio mesmo, então ficou um pouco mal-acabado. O que eu vou ensinar aqui é como eu teria feito se não fosse uma ansiosa.

“Bom, e como é esse presente?” Você me pergunta. Pois eu explico. São pílulas em cápsula com uma mensagem dentro. Se for pro seu amor, pode ser  pílulas”eu te amo” ou pílulas “amor,” pílulas “beijos” e coisas assim. Se for pro seu filho, uma delas pode ser pílula “beijo de mãe” e por aí vai.

Antes de ensinar como faz, deixe que eu faça um esclarecimento. Daqui para frente no texto, haverá diferença no que eu chamo de pílula e no que chamo de cápsula.

Resfenol é um exemplo de cápsula.

Um exemplo de cápsula é o Resfenol. Note que o remédio é um pó, protegido por uma cápsula de um tipo de plástico comestível. São duas peças que se encaixam e que podem ser desmontadas manualmente.

cápsula desmontada

A cápsula é o remédio que não tem gosto, já que o plástico não tem o gosto amargo dos compostos químicos.

Pílula: Químicos sem "capinha"

Já a pílula não é protegida pela camada de plástico e costuma ter o gosto amargo. Não é possível desmontá-la, podendo-se, no máximo, partí-la.

Para nosso presente de hoje, nós vamos usar cápsulas, e não pílulas.

Uma parte muito importante, talvez a crucial, é escolher a cápsula. Ambas as peças que se encaixam devem ser transparentes. É um pouco difícil achar uma exatamente assim. A que eu achei era uma pílula de guaraná (daquelas pra deixar o povo acordado) que era bem assim:

Pílula com cápsula transparente.

Eu acho que em farmácia de manipulação se vende remédio em cápsula transparente, mas não tenho certeza.

Enfim, uma vez comprada a cápsula, temos que abrir uma por uma e nos livrar do que tem dentro. Essa é a parte triste, na qual eu fico agoniada com o desperdício. As pessoas mais metódicas podem passar um cotonete por dentro da capa de plástico vazia para limpar 100% (pessoalmente, eu não tive paciência hihihi), só não coloque água, que esse material amolece e dissolve fácil (falando nisso, tome cuidado se suas mãos forem quentinhas).

Agora corte tirinhas de papel de modo que sua espessura não seja maior que a parte central da cápsula, descontando a parte em que ela começa afinar até virar a ponta. Escreva qual o tipo de pílula umas três vezes no papel e depois enrole-o em forma de tubinho, tomando o cuidado de deixar a parte escrita do lado de fora, o que se vê. Enrole o tubinho com  a mensagem bem apertado e coloque na parte maior da capinha: ela vai se desenrolar um pouco e se acomodar ao espaço.

Aí você tem duas opções: ou fecha a cápsula assim mesmo (foi o que fiz) ou coloca sal/açúcar dentro para que as pontinhas também fiquem brancas. Se você acha que a pessoa pode realmente ingerir as cápsulas, acho melhor colocar açúcar.

E, pronto! Agora você faz quantas destas sua paciência deixar e entrega para a pessoa!

Eu entreguei, por falta de opção, numa sacolinha de papel. Se eu pudesse escolher, contudo, o que eu teria feito é usar um frasquinho de remédio (talvez do próprio de guaraná, talvez o de outro menrozinho), tirar o rótulo e colar uma etiqueta que eu mesma personalizaria, com o nome do remédio, as indicações e as informações que se coloca em frasco de remédio de verdade.

Esse é trabalhoso e bem específico, mas eu acho o resultado uma graça e o presentinho de uma delicadeza comovente (modéstia à parte).

Comments (5) »